INTRODUÇÃO

Este texto foi preparado como material de trabalho para pessoas genuinamente interessadas em seu desenvolvimento espiritual. Mais do que um livro apenas para ser lido é um guia para orientar o trabalho sobre o sistema de relações
em que nos reconhecemos e desenvolvemos.

Trabalhar sobre as relações humanas é a maneira de responder ao desafio que implica nossa ignorância sobre o que somos, de onde viemos, para onde vamos. Todo esforço para responder com palavras a essas perguntas choca-se violentamente com a limitação do cérebro humano. As relações, ao contrário, nos conectam com todos os aspectos da realidade, inclusive com aqueles que não compreendemos, e marcam vias pelas quais é possível expandir a consciência.

O trabalho sobre as relações requer que tenhamos a ousadia de renunciar às ideias formadas sobre o que somos, o que sabemos e o que queremos na vida, e que nos apoiemos, por um lado, sobre a tarefa de nos relacionarmos de forma harmônica e consciente com uma área cada vez maior da realidade, e, pelo outro, sobre a fé em que, já que participamos da totalidade da existência, as respostas finais estão em nós mesmos. A experiência daqueles que remontaram ao curso deste maravilhoso caminho interior mostra que isso é possível.

Usamos a palavra “alma” para nos referir ao que temos em comum como seres humanos, sem considerar as diferenças que implicariam falar do “homem”. Desejamos que ao ler a palavra “Deus” cada um lhe dê a maior amplitude possível, sem limitá-la a definições positivas ou negativas. “Deus” e a expressão “o Divino” designam a mais alta possibilidade do ser humano e, como tal, o ponto para o qual se orienta o desenvolvimento de nossa consciência. Independentemente de nossas crenças filosóficas ou religiosas, o conceito do Divino representa o aspecto desconhecido da vida e do Mundo que, como poderoso ímã, impulsa nosso avanço no conhecimento de nós mesmos e da realidade.

O capítulo da relação com o Orientador Espiritual é dedicado aos que procuram ajuda não só para avançar na escala social como para desenvolver todo o seu potencial como seres humanos. Por certo que não existem, em demasia, verdadeiros Orientadores Espirituais; no entanto, os que aceitam plenamente o desafio de seu desenvolvimento acabam encontrando plenamente a orientação que necessitam.

Desejaríamos que as linhas de trabalho que expomos neste texto nos sirvam para alcançar uma relação harmônica conosco mesmos, com todos os seres humanos e com a indescritível realidade que chamamos de Vida.

Fonte: “A Arte de Viver a Relação”
Jorge Waxemberg

Relacionar-se

 


“Trabalhar sobre as relações é a maneira de responder ao desafio que implica nossa ignorância sobre o que somos, de onde viemos, para onde vamos. Todo esforço para responder com palavras a essas perguntas choca-se violentamente com a limitação do cérebro humano.  As relações, ao contrário, nos conectam com todos os aspectos da realidade, inclusive com aqueles que não compreendemos, e marcam vias pelas quais é possível expandir a consciência. O trabalho sobre as relações requer que tenhamos a ousadia de renunciar às ideias formadas sobre o que somos, o que sabemos e o que queremos na vida, e que nos apoiemos, por um lado, sobre a tarefa de nos relacionarmos de forma harmônica e consciente com uma área cada vez maior da realidade, e, pelo outro, sobre a fé em que, já que participamos da totalidade da existência, as respostas finais estão em nós mesmos. A experiência daqueles que remontam ao curso deste maravilhoso caminho interior mostra que isso é possível.”

Anúncios

Sobre Alexandre de Castro

Ser Humano que busca obter êxito ao praticar o altruísmo, pois aprendi que, apenas mantenho o que Dele recebo, quando compartilho com o meu igual: Você.
Citação | Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

You are free to comment

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s